"A Culpa é das Estrelas" de John Green

Nome: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Nº de Páginas: 288
Editora: Intrínseca


A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

A ambição voraz dos seres humanos nunca é saciada quando os sonhos são realizados, porque há sempre a sensação de que tudo poderia ter sido feito melhor e ser feito outra vez.
- Hazel Grace

Eu não ia ler A Culpa é das Estrelas, realmente não ia; eu não queria um livro que era 'modinha' e tinha medo da história não ser legal o suficiente, ou que a história seria apenas um grande clichê chato que todos se apaixonam por ser famoso, não pelo conteúdo. Eu não ia ler A Culpa é das Estrelas, e eu teria cometido um dos maiores erros na minha vida se tivesse mantido essa ideia na minha cabeça.

Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para  a outra.
- Hazel Grace

  O livro conta uma parte da história da vida de Hazel Grace Lancaster, uma garota de apenas 16 anos que está viva por causa de uma droga que detém a metátese em seus pulmões; a história é contada pela própria Hazel e narra a partir do dia em que conheceu Augustus Waters, um sobrevivente de osteosarcoma. A partir daí, nós vemos como ambos se apaixonaram um pelo outro e todos os problemas que tiveram durante suas relações. Ambos tem um ótimo senso de humor que te faz rir por mais triste que seja a situação - às vezes as piadas contém um leve toque de humor negro -, e são apaixonados por livros - o que deixa o livro com um toque meio poético.
  A Culpa é das Estrelas é um daqueles livros que você tem que ler até o final da sua vida, pois só assim você vai saber porque milhares de pessoas se emocionaram com ele, só assim você vai entender o porque de milhares de pessoas gostarem tanto das nuvenszinhas escrito "Okay?" "Okay" e só assim você vai poder dizer se o livro é mesmo bom ou não. 
      Hazel conta que sofria de uma quase depressão até encontrar Augustus. Antes do misterioso menino do sorriso cafajeste chega na sua vida, ela vivia lendo o mesmo livro várias e várias vezes e vendo reality shows de competição - seu favorito é America's Next Top Model.  E tinha poucos amigos, até porque passava a maior parte da vida em casa com seu carrinho de oxigênio chamado Felipe.
   A história tem um conteúdo bem frágil - por falar de câncer principalmente -, mas John Green consegue escrever sobre ele sem que você se desmorone nas primeiras frases, mas ele também acaba contando tudo o que é necessário para tornar a história 'real'. 
  Hazel e Augustus vivem uma história de amor adolescente diferente das outras, em uma montanha russa emocional que o leitor sente como se fosse ele que estivesse vivendo tudo aquilo e Hazel e Augustus 'falam' de um jeito que você se emociona a cada frase, a cada troca de palavras. Impossível não amar os dois juntos ou não querer um Augustus - ou uma Hazel - para você.
  É um livro que tem que estar na lista dos "lidos", vale super a pena; e a história vai te fazer chorar, mas mesmo assim você vai amar cada página do livro.

Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações
- Augustus Waters

Adaptação:

 Os direitos do filme já foram comprados e ele será estrelado pela Shailene Woodley e pelo Ansel Elgort como Hazel e Augustus, respectivamente. Você também vai poder ver os dois juntos como Beatrice e Caleb Prior, respectivamente, na adaptação do livro Divergente. O Isaac será interpretado pelo Nat Wolff - que estará em Stuck in Love, seu próximo filme -; a famosa mãe da Hazel será vivida pela Laura Dern - de Jurassic Park. As escolhas dos principais já deram muito o que falar, o que vocês acharam da escolha quando ela foi liberada?

Você está tão ocupada sendo você mesma que não faz ideia de quão absolutamente sem igual você é
- Augustus Waters

Um comentário:

  1. Eu sou apaixonada por esse livro , eu realmente estava meio assim pra começar a ler ( como você ficou :/ ) , mas realmente é um livro muito emocionante , eu nunca ri tanto e chorei no mesmo livro como esse do John Green .

    ResponderExcluir

O que você achou dessa postagem? Deixe seu comentário!