Resenha: Esperança de Suzanne Collins

Depois de muito tempo com o livro Esperança de Suzanne Collins na mão, eu terminei. Confira ai a resenha:

Com o final da Saga Jogos Vorazes , já sei que posso adicionar Suzanne Collins na minha lista 'Autores que odeio, mas amo'. Porquê? Pelo simples fato dela ter feito eu ficar chorando e super triste, matando o meu personagem preferido - e olha que eu não choro fácil.
Suzanne fecha a Saga sem fugir do assunto que foi criado no primeiro livro, a maldade criada pelos habitantes e governadores da Capital. O terceiro volume da série conta com uma pergunta em principal: A rebelião conseguirá acabar com todos e tudo o que a Capital criou?
Se você se emociona fácil ou se apega fácil à personagens, se prepare para fortes emoções, desde tristeza, felicidade  à ódio.
Como sempre, Suzanne escreve de um jeito que prende o leitor até o final (ignore o fato de eu ter demorado para ler) fazendo até um triângulo amoroso parecer interessante, ela também coloca revelações que nos fazem ficar acordados de noite (sem exageros) e ainda coloca cenas que irão ficar extremamente chocantes  quando o filme for adaptado ao cinema.

"Meu nome é Katniss Everdeen. Tenho dezessete anos. Meu lar é o Distrito 12. Não existe mais Distrito 12. Eu sou o Tordo"

Alguém já leu Esperança?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou dessa postagem? Deixe seu comentário!