Bullying: a história de Amanda Todd



Bullying tem se tornado um assunto constante no dia-a-dia, sempre ouvimos que não é algo que se pode fazer, assim como o suicídio, que quando você sofre bullying você tem que contar a alguém. Mas e se você não tiver alguém, ou aqueles que você tem não tem te ajudado o suficiente? É assim que é a história de Amanda Todd.
Amanda era um canadense de apenas 15 anos que cometeu suicídio nessa quarta-feira. Assim como muitos, Amanda foi vítima de ciberbullying, tudo começou quando conheceu alguns amigos online, estava tudo ótimo até que eles começaram a pedir fotos intimas dela e a coitada acabou fazendo o que pediram. Certo dia, um menino pediu que ela desse um 'show' para ele, senão ele postaria as fotos intimas dela na internet e o pior o menino sabia o endereço, sobrenome, sabia tudo sobre a menina; depois dos feriados do fim do ano, Amanda recebeu a policia em sua casa contando que alguém tinha postado fotos dela online.
Amanda mudou de escola, mas o problema estava na internet, suas fotos corriam mais rápido do que vírus, e logo deve que mudar de colégio de novo. Depois disso começou a se cortar, não queria e não conseguia mais nenhum amigo, almoçava sozinha, vivia sozinha. Talvez as coisas estivessem melhorando, mas daí ela cometeu mais um deslize.
Amanda voltou a falar com um amigo dela, estava tudo bem até que o menino disse que estava gostando dela. Só havia um problema, ele tinha namorada, mas do mesmo jeito ambos acabaram ficando juntos, só que foi somente aquela noite. Numa nova escola, foi o 'amigo', sua namorada e mais umas pessoas para bater na Amanda, no meio de tudo, os novos colegas de Amanda filmaram tudo e a deixaram no chão, sangrando. Amanda foi resgatada pelo seu pai e entrou em depressão, tentou até se matar.
Após um dias no hospital, Amanda foi checar seu Facebook e havia várias mensagens e até uma comunidade para zoar de Amanda, muitos perguntando se ela havia morrido, pois assim as coisas seriam melhores. E depois de várias tentativas, apenas uma pergunta ficava na cabeça da menina 'Porquê ainda estou viva?', ela só queria um amigo, alguém para ficar e cuidar dela sempre que preciso. Mas ninguém chegou e após tantas tentativas, Amanda acabou morrendo.

Veja o vídeo que ela fez contanto tudo que acabei de falar:


Só estou postando aqui, pois bullying é uma coisa séria, pois mais que rimos disso, pessoas se machucam, palavras machucam. Pense sempre duas vezes antes de fazer algo com alguém, não queremos mais gente como Amanda, queremos que as coisas melhorem e não esqueça: tudo que vai, volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou dessa postagem? Deixe seu comentário!